Os sumérios: Os inventores da Escrita

Os sumérios foram o primeiro povo a desenvolver a escrita, criando a chamada escrita cuneiforme em tabletes de argila. Essa comunicação servia para transações comerciais, bem como a burocracia estatal, além das construções e do armazenamento de grãos. Ocupavam a parte sul da Mesopotâmia (região correspondente a Iraque atual), região extremamente fértil por causa dos rio Tigres e Eufrates. A mesopotâmia tem esse nome justamente porque fica entre os dois rios. 

Desenvolveram-se em cidades-estado independentes que tinham um forma de governo parecida, religião e cultura comuns. O governo era controlado pelo patesí, que era uma especie de rei-sacerdote que era ajudado pela aristocracia e burocracia, além de ser também chefe supremo das forças militares. Entre as cidades mais importantes da suméria estão, Ur, Eridu, Uruk, Nipur, Lagash.

A cultura sumeriana é riquíssima, com uma arquitetura que construiu grandes diques e os grandes zigurates que eram  templos. Além de uma requintada literatura com poemas e a uma das principais obras da Idade Antiga que é a Epopeia de Gilgamesh, que conta a história de um rei lendário da cidade de Uruk. A religião sumeriana era politeísta, os principais deuses eram An (deus do céu), Nammu (deusa-mãe), Ishtar (deusa do amor), Enlil (deus do vento), Enki (deus das águas).

 Os sumérios foram submetidos aos acadianos por volta 2350 a.C, quando Sargão então rei da Acádia, conquista toda a suméria, formando o primeiro império mesopotâmico. Posteriormente, houve um renascimento sumeriano, principalmente na cidade de Lagash, que sob o governo de Gudea, se tornou um dos polos econômicos da região. Após esse apogeu, a Suméria foi conquistada pelos Assirios, Amorreus, Cassistas, Hititas, Caldeus, acabando assim a independência da região, que apesar de ser conquistada serviu de modelo para as sociedades dos povos conquistadores. 


Estandarte de guerra da cidade de Ur por volta de 2.600 a.C


Cezar Silva
Professor de História e Pseudo Cinéfilo 


Comentários

Mais Vistos

A Palestina na Época de Cristo: Aspecto Político

Mitologia grega: Os olimpianos